A Escola
Equipe
Mural de Mensagem
Notícias
Matrículas 2019
Fique por dentro
Calendário
Palavra do Educador
Agenda Diária
Links Úteis
Fale Conosco
 
 
 
 
Exploração sexual vira crime hediondo 

Exploração sexual vira crime hediondo

 

Brasília - O plenário da Câmara aprovou ontem o projeto de lei que torna crime hediondo explorar sexualmente crianças e adolescentes. O texto segue para sanção presidencial. O projeto acrescenta no rol de crimes hediondos favorecimento da prostituição ou de outra forma de exploração sexual de criança e adolescente ou de vulnerável, que são consideradas as pessoas com deficiência ou enfermidade.

Quem for condenado pela prática fica impedido de obter anistia, graça ou indulto e até de pagar fiança. O condenado tem de cumprir um período maior no regime fechado para poder pleitear a progressão da pena. Se for réu primário, deve cumprir, no mínimo, 2/5 do total da pena e se for reincidente, deve cumprir 3/5 da pena antes de pedir a mudança no regime. A pena para este crime é de 4 a 10 anos de reclusão.

 

Leia mais em www.opopular.com.br

 

Matéria publicada no jornal O popular, pág.2, ed. de 15/05/2014, ano 76 – Nº 22.048.

 

16/05/2014  
 

Goiás registra menor umidade do ano
14/08/2018
Por 8 a 2, STF derruba voto impresso nas eleições de 2018
07/06/2018
Greve de caminhoneiros entra no 9º dia;
29/05/2018
Por que cientistas acreditam que você pode estar fazendo suas refeições nas horas erradas?
23/05/2018
Os desacomodadores
08/05/2018
Como se prevenir da H1N1
02/05/2018
Vacinação contra H1N1 - Veja o calendário de vacinação para o estado
23/04/2018
Sala de aula invertida: a educação do futuro
17/04/2018
Antártica perde área submersa
11/04/2018
Lula perde por 6 a 5 - Habeas Corpus negado
05/04/2018
 
 
 
 
Novembro 2018
 
20/11/2018
Consciência Negra
19/11/2018
Dia da Bandeira
15/11/2018
Proclamação da República
12/11/2018
Dia do Diretor da Escola
05/11/2018
a 08/11 - Aniversário da Cidade
 
 
 
 
     
     
Rua Francisco de Sousa Lobo, nº 01 - Centro CEP. 75.200-000
Pires do Rio - Goiás - Telefone:(64) 3461-1994