A Escola
Equipe
Mural de Mensagem
Notícias
Matrículas 2018
Fique por dentro
Calendário
Palavra do Educador
Agenda Diária
Links Úteis
Fale Conosco
 
 
 
 
Goiás já teve 32 casos confirmados de H1N1 em 2018, afirma secretaria 

Goiás já teve 32 casos confirmados de H1N1 em 2018, afirma secretaria

Número é mais de 10 vezes superior a todos os casos registrados no ano passado; SES afirma que não é possível identificar motivo do surto da doença.

 

 


Por Murillo Velasco, G1 GO

27/03/2018

 

Secretaria de Saúde de Goiás investiga 10 mortes em hospital de Trindade

A Secretaria Estadual de Saúde de Goiás (SES) já confirmou, só este ano, 32 casos do vírus Influenza A, conhecido como H1N1. Último boletim epidemiológico, atualizado nesta terça-feira (27), revela número de casos 10 vezes superior a todos registrados no ano passado. De acordo com o órgão, duas mortes foram ocasionadas pela doença em 2018.

As duas mortes que tiveram as causas relacionadas ao vírus foram registradas em pacientes internos do Hospital Vila São Cottolengo, em Trindade, Região Metropolitana de Goiânia. A instituição filantrópica teve, em 20 dias, 58 pacientes apresentando febre, mal-estar e problemas respiratórios. Entre eles, sete foram diagnosticados com a doença. Outras oito mortes são investigadas, a última delas ocorreu no sábado (24).

De acordo com a gerente substituta da Gerência de Imunização do Estado, Joice Dorneles, o surto é localizado e não deve gerar preocupação da população. “O surto, ele é localizado na Vila São Cottolengo, não há motivos pra pânico, mas temos que ficar sempre em alerta”, afirmou.

Como medida de precaução, os 365 internos e funcionários da instituição tomaram o Tamiflu, medicamento usado no tratamento de H1N1. Além disto, eles receberam vacina contra pneumonia e foram revacinados contra o vírus Influenza A.

Até o último dia 15 foram registrados no Brasil 105 casos de Influenza, que são tipos de gripes mais fortes. Outros 472 estão sendo investigados. Segundo o Ministério da Saúde, Goiás era, até então, o estado comais casos registrados, seguido pela Bahia e São Paulo.

“Está tendo um cenário muito semelhante ao de 2016, a antecipação da circulação do influenza, seja H1N1, seja H3N3, como em 2016, infelizmente com um número de casos grave que nos preocupa”, afirmou o médico infectologista Boaventura Brás.

Leia a reportagem completa em: https://g1.globo.com/go/goias/noticia/goias-ja-teve-32-casos-confirmados-de-h1n1-em-2018-afirma-boletim.ghtml 

Acesso em: 27/03/2018

 

27/03/2018  
 

Sala de aula invertida: a educação do futuro
17/04/2018
Antártica perde área submersa
11/04/2018
Lula perde por 6 a 5 - Habeas Corpus negado
05/04/2018
Os 10 erros de português mais cometidos pelos brasileiros
04/04/2018
Regularização do Título de Eleitor
28/03/2018
Goiás já teve 32 casos confirmados de H1N1 em 2018, afirma secretaria
27/03/2018
'Aprender com a escassez : Brasil está mal acostumado'
22/03/2018
Fabricantes de brinquedos se livram do cor-de-rosa para atrair meninos às panelinhas
13/03/2018
O que faz o Brasil ter 190 línguas em perigo de extinção
07/03/2018
Como os brasileiros podem ajudar os sírios
06/03/2018
 
 
 
 
Abril 2018
 
21/04/2018
Tiradentes
13/04/2018
a 14/04/2017 - SEMANA SANTA
 
 
 
 
     
     
Rua Francisco de Sousa Lobo, nº 01 - Centro CEP. 75.200-000
Pires do Rio - Goiás - Telefone:(64) 3461-1994